Ionização e suas pérolas parte 2

Comentários

4

Juliane Raposo

abril 2, 2014 10:33 am Responder

Sem contar que o carbopol, por ser um polímero é por definição um ingrediente neutro, sem polaridade que pecisa de um meio controlado, com pH 7 para abrir sua rede polimétrica…. No momento da ionização iria perder toda a estabilidade!!!
Imagina a bagunça que ela não arruma na hora de fazer a “ionização”!

Me divirto com seu blog! Muito bom!!!

    Lilian

    abril 6, 2014 12:09 am Responder

    Essa oportunidade de troca de informações enriquece ainda mais seu Blog Mariana, parabéns!
    Adorei a explicação Juliane Raposo!
    O que acham disso?
    Uma vez me indicaram uma técnica para economizar o ativo hidrossolúvel ionizável: aplicar por cima o gel e executar a ionização…o complemento da informação incluía a curiosidade que “muitas clínicas de estética faziam isso pra economizar produto”.
    Bjos

Denise

abril 2, 2014 11:38 am Responder

Parabens Mari adoro!

Ellen Honorato

abril 6, 2014 3:40 am Responder

Oi, Mari! Por favor, informe quando será o próximo curso de capacitação em microagulhamento, que será dado por você aqui em SP. Obrigada, um forte abraço.

Comentar